Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 13 nº 4 - Out/Dez - 2016

Artigo de Revisão Imprimir 

Páginas: 98 a 103

Hábitos alimentares de adolescentes: uma revisão de literatura

Eating Habits of adolescents: a literature review

Hábitos alimenticios de adolescentes: una revisión de literatura

Autores: Rozilaine Redi Lago1; Thalita Hanna Teixeira Ribeiro2; Marcos Nicodemos Costa de Souza3

PDF Português            

Descritores: Hábitos alimentares, adolescente, educação alimentar e nutricional.
Keywords: Food habits, adolescent, food and nutrition education.
Palabraclave: Hábitos alimenticios, adolescente, educación alimenticia y nutricional.

Resumo:
OBJETIVO: Disponibilizar de forma sintética, informações sobre o conhecimento produzido a respeito dos hábitos alimentares dos adolescentes, para subsidiar a atuação de profissionais de saúde e educação, além de outros interessados junto deste neste grupo.
FONTES DE DADOS: Trata-se de uma revisão sistemática de literatura, de caráter exploratório, realizada através da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS).
SÍNTESE DOS DADOS: Na adolescência, a pessoa aumenta a autonomia das decisões alimentares, nas quais os pais e/ou responsáveis não possuem grande interferência. Os hábitos alimentares adquiridos pelos adolescentes, juntamente com outros fatores cadenciados no contexto da sociedade contemporânea, têm gerado uma verdadeira pandemia de obesidade e diversos prejuízos relacionados. Esse fator torna-se preocupante para a saúde pública, pois esta fase é decisória em se tratando da qualidade de vida.
CONCLUSÃO: A influência da alimentação na saúde dos indivíduos e os agravos que esta dieta pode ocasionar, afetam uma grande parcela da população mundial; entre as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), as mais citadas são: diabetes, hipertensão e cardiopatia, fruto de vários fatores como má alimentação e ausência da prática de atividade física. Frente a isso, é necessário que alguns valores na sociedade moderna sejam modificados para que as futuras gerações não sofram com os maus hábitos adotados ao longo da vida.

Abstract:
OBJECTIVE: Provide, in a synthetic way, information about the knowledge produced about adolescents' eating habits, in order to subsidize the performance of health and education professionals, as well as others interested in this group.
DATA SOURCES: This is a systematic review of literature, of an exploratory nature, performed through the Virtual Health Library (VHL).
DATA SYNTHESIS: In adolescence, the person increases the autonomy of food decisions, in which parents and / or guardians do not have much interference. The eating habits acquired by adolescents, along with other factors permeated in the context of contemporary society, have generated a true obesity pandemic and several related damages. This factor is of concern for public health, since this phase is a decision in the quality of life.
CONCLUSION: The diet influence on the health of individuals and the aggravations that it can cause affect a large portion of the world population; Among the non-communicable chronic diseases (DCNT), the most cited are: diabetes, hypertension and cardiopathy, where the most cited cause is the diabetic, hypertensive, and cardiopathy, among others, due to several factors such as poor diet and absence of physical activity. So, it is necessary that some values in modern society are modified the need so that future generations do not suffer from the bad habits adopted throughout life.

<<<<<<< .mine ======= >>>>>>> .r17871 Resumen:
OBJETIVO: Disponer de forma precisa informaciones sobre el conocimiento producido en relación a los hábitos alimenticios de los adolescentes, para subsidiar la actuación de profesionales de salud y educación, además de otros interesados junto a este grupo.
FUENTE DE DATOS: Se trata de una revisión sistemática de literatura, de carácter exploratorio, realizada a través de la Biblioteca Virtual en Salud (BVS).
SÍNTESIS DE DATOS: En la adolescencia, la persona aumenta la autonomía de las decisiones alimenticias, en las cuales los padres y/o responsables no poseen gran interferencia. Los hábitos alimenticios adquiridos por los adolescentes, conjuntamente con otros factores acompañados en el contexto de la sociedad contemporánea, han generado una verdadera pandemia de obesidad y diversos perjuicios relacionados. Ese factor se torna preocupante para la salud pública, pues esta fase es decisiva tratándose de la calidad de vida.
CONCLUSIÓN: La influencia de la alimentación en la salud de los individuos y las agravantes que esta dieta puede ocasionar, afectan una gran parte de la población mundial; entre las enfermedades crónicas no transmisibles (ECNT), las más citadas son: diabetes, hipertensión y cardiopatía, fruto de varios factores, tales como mala alimentación y ausencia de práctica de actividad física. Frente a eso, es necesario que algunos valores en la sociedad moderna sean modificados para que las futuras generaciones no sufran con los malos hábitos adoptados a lo largo de la vida.

GN1 © 2004-2017 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
E-mail: secretaria@adolescenciaesaude.com