Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 14 nº 2 - Abr/Jun - 2017

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 58 a 65

Consumo de álcool por adolescentes: do ato de liberdade ao comportamento de risco

Consumption of alcohol by adolescents: from the act of liberty to risk behavior



Autores: Lúcia de Fátima Rodrigues de Oliveira1; Maria Juliete Maia Gomes2; Ednardo Soares3; Marília Abrantes Fernandes Cavalcanti4 Ellany Gurgel Cosme do Nascimento5

PDF Português            

Descritores: Bebidas alcoólicas, alcoolismo, adolescente.
Keywords: Alcoholic beverages, alcoholism, adolescent.

Resumo:
OBJETIVO: Objetivou-se detectar comportamentos de risco associados à ingestão de álcool em adolescentes entre 12 e 18 anos.
MÉTODOS: Trata-se de pesquisa descritivo-exploratória, de caráter quantitativo, desenvolvida no município de Viçosa, Rio Grande do Norte, Brasil. Foram incluídos 123 adolescentes recrutados em suas respectivas escolas para responder a questionário autoaplicado. Realizou-se análise bivariada dos dados coletados, considerando as associações que apresentavam relação de significância estatística p < 0,05.
RESULTADOS: Verificou-se ingestão precoce de álcool, similaridade entre os gêneros e os níveis de escolaridade quanto ao consumo e uso exacerbado do álcool entre todos os estratos socioeconômicos, onde encontrou-se um maior consumo de bebidas alcoólicas entre adolescentes que estudam e trabalham, e a influência negativa dos amigos e da família no incentivo à experimentação e/ou continuidade da ingestão.
CONCLUSÃO: Os resultados da pesquisa revelaram a similaridade entre municípios de grande e pequeno porte quanto à problemática do álcool, ressaltando a necessidade de propostas de intervenção que incluam os âmbitos familiar, escolar e social.

Abstract:
OBJECTIVE: The objective was to detect risk behaviors associated with alcohol intake in adolescents between 12 and 18 years.
METHODS: It is a descriptive and exploratory research, of a quantitative approach, developed in Viçosa, Rio Grande do Norte, Brazil. Were included 123 adolescents recruited at their respective schools to answer the self-administered questionnaire. Was conducted a bivariate analysis of the collected data, considering the associations that had relationship of statistical significance p < 0.05.
RESULTS: There was an early alcohol intake, similarity between genders and education levels regarding the consumption and overuse of alcohol among all socioeconomic strata, were found an increased alcohol consumption among adolescents who studied and worked, and the negative influence of friends and family in encouraging experimentation and/or continued intake.
CONCLUSION: The survey results revealed the similarity between large and small municipalities regarding alcohol issues, highlighting the need of intervention proposals that includes family, school and social environments.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2017 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
E-mail: secretaria@adolescenciaesaude.com