Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 14 nº 4 - Out/Dez - 2017

Relato de Caso Imprimir 

Páginas: 217 a 224

Evolução clínica e nutricional de um adolescente acompanhado em um Centro de Terapia Intensiva de um hospital de ensino: relato de caso

Clinical and nutritional evolution of an adolescent accompanied in an intensive care unit of a teaching hospital: case report



Autores: Alex Richard Costa Silva1; Daniele de Paula Orlandi2; Valdete Regina Guandalini3

PDF Português            

Descritores: Adolescente, desnutrição proteico-calórica, cuidados críticos, estado nutricional.
Keywords: Adolescent, Protein-Energy Malnutrition, critical care, nutritional status.

Resumo:
OBJETIVO: Descrever a evolução clínica e nutricional de um adolescente admitido no Centro de Terapia Intensiva de um hospital de ensino.
DESCRIÇÃO DO CASO: Adolescente de 18 anos, masculino, passou por transplante hepático na infância idade devido à colestase crônica de etiologia genética. Foi internado na enfermaria com crises convulsivas, inflamação de vias aéreas superiores, lesão renal aguda AKIN III, com hipóteses diagnósticas de infecção por H1N1, nefrotoxicidade por Tracolimus e glomerulopatia. Apresentou taquidispnéia importante, evoluindo para insuficiência respiratória aguda, motivo pelo qual foi encaminhado para o Centro de Terapia Intensiva e submetido à entubação orotraqueal.
COMENTÁRIOS: A colestase crônica e o pós- transplante hepático tardio com uso de imunossupressores estão relacionados à presença de desnutrição proteico-calórica, baixo peso e estatura para idade em pacientes que não fazem o acompanhamento nutricional adequado a longo prazo e ainda à alteração renal, situações apresentadas neste caso. A terapia nutricional enteral foi inicialmente adotada para o paciente no Centro de Terapia Intensiva. Após a extubação, adotou-se o desmame da terapia nutricional enteral, iniciando-se gradualmente a inserção da dieta por via oral.
CONCLUSÃO: Apesar das limitações na avaliação nutricional, devido ao quadro clínico do paciente, a terapia nutricional planejada evoluiu de maneira satisfatória e positiva, com rápida adequação às necessidades nutricionais, o que contribuiu para melhora dos parâmetros bioquímicos, atenuação dos efeitos da desnutrição proteico-calórica e da condição clínica.

Abstract:
OBJECTIVE: Describe the clinical and nutritional evolution of an adolescent admitted to the Intensive Care Unit of a teaching hospital.
CASE DESCRIPTION: 18 years old adolescent, male, underwent hepatic transplantation in childhood due to chronic cholestasis of genetic etiology. He was hospitalized in the ward with convulsive seizures, upper airway inflammation, acute kidney injury (stage 3), with hypothetical diagnostic of H1N1 infection, nephrotoxicity by Tracolimus and glomerulopathy. He presented important tachydyspnea, evolving into acute respiratory failure, which is why he was brought to the Intensive Care Unit and submitted to orotracheal intubation.
COMMENTS: Chronic cholestasis and late hepatic post-transplant with the use of immunosuppressive drugs are related to the presence of protein-caloric malnutrition, low weight and height for the age in patients who do not undergo appropriate nutritional monitoring in long term and also to renal alteration, situations presented in this case. Enteral nutritional therapy was initially adopted for the patient while in the Intensive Care Unit. After extubation, he was weaned off it by introducing oral diet gradually.
CONCLUSION: Despite the limitations in nutritional evaluation, due to the patient's clinical history, the planned nutritional therapy turned out satisfactorily and positively, with rapid adaptation to nutritional needs, which contributed to the improvement of biochemical parameters, decrease of the effects of protein-calorie malnutrition and clinical condition.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
E-mail: secretaria@adolescenciaesaude.com