Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 15 nº 1 - Jan/Mar - 2018

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 7 a 17

Conhecimento sobre as infecções sexualmente transmissíveis por estudantes adolescentes de escolas públicas

Knowledge about the sexually transmitted infections by adolescents students of public schools



Autores: Oliveira Carvalho1; Raydelane Grailea Silva Pinto2; Márcia Sousa Santos3

PDF Português            

Descritores: Doenças sexualmente transmissíveis, adolescente, conhecimento, vulnerabilidade em saúde.
Keywords: Sexually transmitted diseases, adolescent, knowledge, health vulnerability.

Resumo:
OBJETIVO: Verificar o conhecimento sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e os fatores associados a elas por adolescentes estudantes de escolas públicas do município de Caxias - MA.
MÉTODOS: Estudo descritivo, exploratório, com abordagem quantitativa, realizado com 195 adolescentes de escolas públicas do município de Caxias - MA. Foi utilizado um questionário estruturado composto por perguntas fechadas, contendo informações sobre os dados sociodemográficos dos adolescentes e os conhecimentos a respeito da transmissão e prevenção de IST. Os dados foram analisados através do software estatístico Stata® versão 14.0, considerando uma significância de 5%.
RESULTADOS: Dos 195 adolescentes que participaram da pesquisa, 108 (55,4%) pertenciam ao sexo feminino. A prevalência do conhecimento geral sobre as IST entre os adolescentes foi de 87,7%, onde 99 (57,9%) eram do sexo feminino, com diferença estatisticamente significante em relação ao sexo masculino (P<0,0001).
CONCLUSÃO: Este estudo evidenciou um significante conhecimento dos adolescentes acerca das IST, entretanto, 24% demonstram posicionamentos contrários à colegas portadores de IST/AIDS continuarem frequentando a escola.

Abstract:
OBJECTIVE: Verify the knowledge about the Sexually Transmitted Infections (STI) and associated factors by adolescents from public schools in the Caxias municipality -MA.
METHODS: Descriptive, exploratory study with a quantitative approach, applied to 195 adolescents from public schools in the Caxias municipality - MA. It was used a structured questionnaire composed by closed questions containing sociodemographic data of the adolescents and the knowledge about transmission and prevention of STI. Data were analyzed using statistical software Stata® version 14.0, considering a significance of 5%.
RESULTS: Of the 195 adolescents who participated of this study, 108 (55.4%) were female. The prevalence of general knowledge about STI among the adolescents was 87.7%, of which 99 (57.9%) were female, with a statistically significant difference in relation to males (P<0,0001).
CONCLUSION: This study showed a significant knowledge of adolescents about STIs, however, 24% of them are opposed to colleagues with STI/AIDS attending school.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com