Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 15 nº 1 - Jan/Mar - 2018

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 66 a 72

Soluções Inovadoras para a Promoção de Saúde Mental de Adolescentes na Atenção Primária

Innovative Solutions for the Promotion of Adolescent Mental Health in Primary Care



Autores: Marcelo Augusto do Amaral1; Edenir Aparecida Resende Andrade2; Goreti Maria Angnes3; Edna Rodrigues Sardeiro4; Lívia Batista Silva Carvalho5; Verônica Maria Abiorana Campos Fonseca6; Adair de Areda Vasconcelos7

PDF Português            

Descritores: Adolescente, atenção primária à saúde, saúde mental, promoção da saúde, prevenção de doenças.
Keywords: Adolescent, primary health care, mental health, health promotion, disease prevention.

Resumo:
OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi construir alternativas efetivas na promoção de saúde mental e na prevenção de transtornos psicossociais para adolescentes e seus familiares.
MÉTODOS: Foram desenvolvidas duas modalidades de atendimento em grupo numa Unidade Básica de Saúde de Brazlândia, no Distrito Federal. A primeira foi voltada para os pais e cuidadores, com o objetivo de dar a eles orientações em relação à educação dos jovens e apoio para lidar com os desafios próprios da adolescência. A outra modalidade, voltada tanto para jovens e cuidadores, consistiu na prática de uma técnica corporal inovadora chamada T.R.E. (Tension and Trauma Releasing Exercises) que se mostra muito efetiva em reduzir o estresse e aliviar diversos sintomas de quadros emocionais e comportamentais.
RESULTADOS: Estas novas atividades ajudaram a melhorar os relacionamentos entre pais e filhos, diminuir os conflitos familiares e a violência doméstica e reduzir muitos sintomas psicossociais evidenciados nos jovens e em seus cuidadores. Isto permitiu melhorar a qualidade de vida das famílias, prevenir transtornos mentais e diminuir a exposição dos jovens a situações de risco. Além disto, esses grupos deram maior resolutividade para as demandas psicossociais no nível da atenção primária, evitando muitos encaminhamentos a serviços especializados.
CONCLUSÃO: É possível desenvolver alternativas efetivas e de baixo custo para promover a saúde mental de adolescentes no âmbito da atenção primária. Tais medidas são fundamentais para lidar com as demandas psicossociais desta faixa etária e prevenir as principais situações de risco observadas nesta fase crítica do desenvolvimento.

Abstract:
OBJECTIVE: The goal of this study was to develop effective alternatives for the promotion of mental health and the prevention of psychosocial disorders in adolescents and their family members.
METHODS: Two modalities of support groups were developed in a Public Health Unit of Brazlândia, Distrito Federal. The first group was focused on parents and caregivers aiming to help them with the education of their children and give them support to deal with the specific challenges of adolescence. The other group, focused on youngsters as well as caregivers, consisted in the practice of an innovative body-based technique called T.R.E. (Tension and Trauma Releasing Exercises) that is very effective in reducing stress and relieving many symptoms of emotional and behavioral problems.
RESULTS: These new activities helped to improve family relationships, reduce conflicts and domestic violence and relieve many psychosocial symptoms observed in the teenagers as well as in their caregivers. This allowed improving the families´ quality of life, preventing mental disorders and reducing teenager's exposure to risk situations. Furthermore, these groups brought a better problem-solving capacity to the psychosocial demands in a primary care level, avoiding many referrals to specialized services.
CONCLUSION: It is possible to develop effective and low cost alternatives to promote adolescent mental health in a primary care setting. Such measures are very important in order to deal with the main psychosocial demands of adolescence and to prevent the major risk situations observed in this critical period of development.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com