Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 15 nº 1 - Jan/Mar - 2018

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 73 a 79

Influência do fator idade sobre a modificação das curvaturas da coluna vertebral em escolares entre 10 e 16 anos

Influence of the age factor in spinal curvatures modification in students between 10 to 16 years old



Autores: Lucele Gonçalves Lima Araujo1; Vandilson Pinheiro Rodrigues2; Flávio Furtado de Farias3

PDF Português            

Descritores: Crescimento, coluna vertebral, adolescente, postura.
Keywords: Growth, spine, adolescent, posture.

Resumo:
OBJETIVO: Investigar a influência do fator idade sobre a variação das curvaturas da coluna vertebral em escolares entre 10 a 16 anos.
MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com uma amostra de 240 escolares. Os dados demográficos e antropométricos foram coletados através de questionário. A mensuração dos ângulos das curvaturas da coluna vertebral foi analisada através de avaliação visual de fotografias por método digital computadorizado.
RESULTADOS: Nos estudantes do sexo masculino observou-se que o avanço da idade apresentou correlação com o aumento o ângulo da lordose cervical (R² = 0,34; β = +3,81; P < 0,001), redução da cifose torácica (R² = 0,23; β = -2,00; P < 0,001) e aumento da lordose lombar (R² = 0,07; β = +1,15; P = 0,013). Entre os escolares do sexo feminino, notou-se que o avanço da idade também influenciou no aumento da lordose cervical (R² = 0,23; β = +3,47; P < 0,001) e redução da cifose torácica (R² = 0,05; β = -0,92; P = 0,002), no entanto, não apresentou influência na variação da lordose lombar (R² = 0,00; β = -0,09; P = 0,830).
CONCLUSÃO: Os achados sugerem que o crescimento e desenvolvimento corporal pode ser um fator potencial para a modificação das curvaturas da coluna vertebral nesta faixa etária.

Abstract:
OBJECTIVE: Investigate the influence of the age factor on the variation of spinal curvatures in students between 10 and 16 years old.
METHODS: A cross-sectional study was carried out with 240 students. Demographic and anthropometric data were collected through a questionnaire. The measurement of the angles of the spinal curves were analyzed through the visual evaluation of photographs by computerized digital method.
RESULTS: In male students it was observed that age advancement was correlated with an increase in the angle of cervical lordosis (R² = 0,34; β = +3,81; P < 0,001), reduction of thoracic kyphosis (R² = 0,23; β = -2,00; P < 0,001) and increased lumbar lordosis (R² = 0,07; β = +1,15; P = 0,013). Among the female students, it was also noticed that age advancement influenced the increase of cervical lordosis (R² = 0.23, β = + 3.47, P <0.001) and reduction of thoracic kyphosis (R² = 0, P = 0.002), however, it showed no influence on the lumbar lordosis variation (R² = 0.00, β = -0.09, P = 0.830).
CONCLUSION: The findings suggest that body growth and development may be potential factors for modifying spinal curvatures in this age group.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com