Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 15 nº 3 - Jul/Set - 2018

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 27 a 35

Avaliação dos fatores de riscos cardiovasculares em adolescentes

Evaluation of cardiovascular risk factors in adolescents



Autores: Gilberto Gomes de Amorim1; Edna Ferreira Pinto2; Gabriel Bezerra Vieira Lima3; José Fernando Vila Nova de Moraes4; Carlos Antonio Bruno da Silva5

PDF Português            

Descritores: Adolescente, fatores de risco, doenças cardiovasculares.
Keywords: Adolescent, risk factors, cardiovascular diseases.

Resumo:
OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco cardiovasculares em estudantes do ensino médio da cidade de Iguatu-CE.
MÉTODOS: Estudo transversal, do tipo analítico exploratório com uma abordagem quantitativa realizado com estudantes de ensino médio com 14 a 18 anos, matriculados nas escolas públicas e privadas da cidade de Iguatu-CE. Os dados foram coletados através de questionário International Activity Physical Questionnaire (IPAQ). As medidas antropométricas foram: massa corporal, estatura, dobra cutâneas, circunferência abdominal e aferição da pressão arterial. Através de um questionário estruturado foram coletados dados comportamentais (tabagismo, etilismo, sedentarismo) e histórico familiar para doenças cardiovasculares. Foi realizada avaliação bioquímica referentes a glicose, colesterol total (CT), triglicerídeos (TG), lipoproteínas de alta densidade (HDL) e lipoproteínas de baixa densidade (LDL). Para a análise dos dados utilizouse o programa estatístico SPSS, versão 22.0 e foram empregados procedimentos de estatística descritiva: distribuição em frequências e percentuais, cálculo de medidas de tendência central (média) e de dispersão (desvio-padrão). Foram usados os testes de Qui-Quadrado (C2) e Exato de Fisher para verificar a associação entre as variáveis. Adotou-se o nível de significância de 5% (p< 0,05).
RESULTADOS: Os fatores de risco que apresentaram a maior prevalência foram: sedentarismo (75,4%), dislipidemia (68,3%), gordura corporal elevada (67%), etilismo (36%), histórico familiar para doenças cardiovasculares (30%), obesidade (20%) e hipertensão (16,5%).
CONCLUSÃO: Foi detectado que todos os estudantes apresentaram pelo menos um fator de risco para doenças cardiovasculares e que as maiores prevalências foram entre 2 a 5 fatores com proporções que variam de 18,7% a 21,5%.

Abstract:
OBJECTIVE: Evaluate cardiovascular risk factors in high school students of Iguatu city-CE.
METHODS: An exploratory, crosssectional analytical study with a quantitative approach carried out with high school students of 14 to 18 years old, enrolled in public and private schools of the city of Iguatu-CE. Data were collected through an International Activity Physical Questionnaire (IPAQ). The anthropometric measurements were: body mass, height, skinfold, abdominal circumference and blood pressure measurement. Through a structured questionnaire were collected behavioral data (smoking, alcoholism, sedentarism) and family history for cardiovascular diseases. A biochemical evaluation was performed for glucose, total cholesterol (TC), triglycerides (TG), high density lipoproteins (HDL) and low density lipoproteins (LDL). For the data analysis the statistical program SPSS, version 22.0 was used and descriptive statistics procedures were employed: distribution in frequencies and percentages, calculation of central tendency (average) and dispersion (standard deviation) Measures. The Chi-Square (Cχ2) and Fisher's Exact tests were used to verify the association between variables. The level of significance was set at 5% (p <0.05).
RESULTS: The risk factors that presented the highest prevalence were: sedentarism (75.4%), dyslipidemia (68.3%), high body fat (67%), alcoholism (36%), family history of cardiovascular diseases, obesity (20%) and hypertension (16.5%).
CONCLUSION: This study identified that all students had at least one risk factor for cardiovascular disease and that the highest prevalence was between 2 and 5 factors with proportions ranging from 18.7% to 21.5%.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ. CEP: 20551-030.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com