Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 15 nº 3 - Jul/Set - 2018

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 52 a 59

Uso de tabaco e outras drogas pelos adolescentes de escolas públicas de Pernambuco: um estudo piloto

Use of tobacco and other drugs by adolescents of Pernambuco public schools: a pilot study



Autores: Lidiane Jacinto do Nascimento1; Jamile Francelino da Cruz2; Breno Washington Joaquim de Santana3; Amanda Carneiro Leão Campos4; Viviane Colares Soares de Andrade Amorim5

PDF Português            

Descritores: Adolescente, tabaco, consumo de bebidas alcoólicas, drogas ilícitas.
Keywords: Adolescent, tobacco, alcohol drinking, street drugs.

Resumo:
OBJETIVO: O presente estudo buscou verificar a prevalência e a associação do uso de tabaco e outras drogas pelos adolescentes escolares do município de Olinda, Pernambuco.
MÉTODOS: Trata-se de um estudo piloto, de caráter epidemiológico com delineamento transversal. Participaram 202 adolescentes, com idade variando entre 14 e 19 anos, de ambos os sexos, devidamente matriculados no ensino médio da rede pública estadual de ensino. A coleta de dados foi realizada através da versão traduzida e validada para o português do Brasil do questionário Youth Risk Behavior Survey (YRBS). A tabulação dos dados foi realizada por meio do programa Epi-data, versão 3.1. Para a análise dos dados foi utilizado o programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão 22.0 para Windows.
RESULTADOS: Em relação às drogas lícitas, cerca de 23% dos adolescentes pesquisados já experimentaram cigarro, sendo a maior parte deles (80,4%) entre 15 e 17 anos. No que diz respeito ao consumo de bebidas alcoólicas, a maior parte dos adolescentes (66,7%) já beberam pelo menos uma dose de bebida alcóolica na vida, enquanto 43,3% dos adolescentes ingeriram álcool nos últimos 30 dias. Quanto às drogas ilícitas, aproximadamente 15% já experimentaram maconha e 1,5% já fizeram uso de cocaína pelo menos uma vez na vida.
CONCLUSÃO: Esta pesquisa mostrouque a prevalênciado uso de cigarro e álcool pelos adolescentes escolares ainda são altas, mostrando ser em muitos casos a "porta de entrada" para o uso de drogas ilícitas.

Abstract:
OBJECTIVE: The present study sought to verify the prevalence and association of the use of tobacco and other drugs by school adolescentsin the city of Olinda, Pernambuco.
METHODS: This is a pilot study of epidemiological character with a transversal design. 202 adolescents participated, aged between 14 and 19 years, of both sexes, duly enrolled in the high school of the state public school system. The data collection was carried out through the translated and validated version for the Brazilian Portuguese of the questionnaire Youth Risk Behavior Survey (YRBS). The data were tabulated using the Epi-data program, version 3.1. For the analysis of the data was used the program Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), version 22.0 for Windows.
RESULTS: In relation to licit drugs, about 23% of adolescents surveyed have already tried cigarette, most of them (80,4%) between 15 and 17 years old. Regarding the consumption of alcoholic drinks, most adolescents (66.7%) have already drank at least one dose of alcoholic beverage in their lives, while 43.3% of adolescents have ingested alcohol in the last 30 days. As for illicit drugs, approximately 15% have tried marijuana and 1.5% have used cocaine at least once in their lives.
CONCLUSION: This research showed that the prevalence of cigarette and alcohol use by school adolescents are still high, showing be in many cases the "gateway" to street drugs use.

<<<<<<< .mine

GN1 © 2004-2018 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ. CEP: 20551-030.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com