Revista Adolescência e Saúde

Revista Oficial do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente / UERJ

NESA Publicação oficial
ISSN: 2177-5281 (Online)

Vol. 16 nº 3 - Jul/Set - 2019

Artigo Original Imprimir 

Páginas: 17 a 22

Atividade educativa em saúde sexual e reprodutiva para meninas em situação social de risco

Educational activity on sexual and reproductive health for at-risk girls

Actividad educativa sobre salud sexual y reproductiva para niñas en riesgo

Autores: Karine Corcione Turke1; Paulo Afonso Ribeiro2; Camila Sando3; Graziella Luciano Antonio4; Victoria Cassioti Teodoro5; Lígia de Fátima Nóbrega Reato6

PDF Português            

Descritores: Adolescente; Sexualidade; Educação Sexual.
Keywords: Adolescent; Sexuality; Sex Education.
Palabraclave: Adolescente Sexualidad; Educación sexual

Resumo:
OBJETIVO: Descrever uma ação educativa realizada sobre o tema sexualidade para pré-púberes e adolescentes do sexo feminino atendidos em instituição beneficente localizada na periferia da região metropolitana de São Paulo.
MÉTODOS: As participantes em situação de risco foram divididas em dois grupos: grupo 1 (8-9 anos) e grupo 2 (10-13 anos) e foram estimuladas a desenhar um boneco, sob instruções norteadoras. Após a realização da dinâmica, houve uma apresentação do Estadiamento de Tanner, havendo também uma roda de conversas para esclarecimento de dúvidas.
RESULTADOS: Enquanto o grupo 2 se mostrou, a princípio, tímido, o grupo 1 se mostrou curioso e receptivo. No decorrer da dinâmica, o grupo 2, ao sentir maior segurança, começou a relatar fatos mais íntimos, como relações interpessoais. Já o grupo 1 apresentou dúvidas em relação ao desenvolvimento corporal e processos fisiológicos tal qual a menstruação.
CONCLUSÃO: Houve participação favorável de ambos os grupos além de boa receptividade. A ação se tornou efetiva na medida em que dúvidas foram respondidas. Assim, ações como essa se fazem necessárias para promover a saúde e o bem-estar físico e psicológico das jovens em situação de maior vulnerabilidade social.

Abstract:
OBJECTIVE: Describe an educational action about the sexuality theme for girls supported by a charitable institution in the periphery of the metropolitan region of São Paulo.
METHODS: The participants in risky situation were divided into 3 groups: group 1 (8-9 years) and group 2 (10-13 years), and the teens were stimulated to draw a doll, attributing to it characteristics under guiding instructions. After the dynamic, a Tanner Staging poster was presented and the group talked for questions and possible doubts.
RESULTS: While group 2 was at first shy, group 1 was curious and receptive. In the course of the dynamics, group 2, when feeling secure, started sharing more intimate facts such as interpersonal relations. Group 1, on the other hand, had doubts about the body development and physiological processes such as menstruation.
CONCLUSION: There was favorable participation of both groups besides good receptivity. The action became effective as doubts were answered. Thus, actions like this are necessary to promote the health and physical and psychological well-being of young people in situations of greater social vulnerability.

<<<<<<< .mine ======= >>>>>>> .r17871 Resumen:
OBJETIVO: Describir una actividad educativa sobre el tema sexualidad para adolescentes pre-púberes y mujeres tratadas en una organización benéfica ubicada en las afueras de la región metropolitana de São Paulo.
MÉTODOS: los participantes en riesgo se dividieron en dos grupos: grupo 1 (8-9 años) y grupo 2 (10-13 años) y se les animó a diseñar una muñeca siguiendo las instrucciones de orientación. Después de la dinámica, hubo una presentación de la estadificación de Tanner, y también hubo una rueda de conversación para aclarar dudas.
RESULTADOS: Mientras que el grupo 2 era inicialmente tímido, el grupo 1 era curioso y receptivo. En el curso de la dinámica, el grupo 2, sintiéndose más seguro, comenzó a informar hechos más íntimos, como las relaciones interpersonales. El grupo 1 había dudas sobre el desarrollo corporal y los procesos fisiológicos como la menstruación.
CONCLUSIÓN: hubo participación favorable de ambos grupos y buena receptividad. La acción se hizo efectiva en la medida en que se respondieron las preguntas. Por lo tanto, tales acciones son necesarias para promover la salud y el bienestar físico y psicológico de las mujeres jóvenes en situaciones de mayor vulnerabilidad social.

GN1 © 2004-2020 Revista Adolescência e Saúde. Fone: (21) 2868-8456 / 2868-8457
Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente - NESA - UERJ
Boulevard 28 de Setembro, 109 - Fundos - Pavilhão Floriano Stoffel - Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ. CEP: 20551-030.
E-mail: revista@adolescenciaesaude.com